A mina perdida de Phandalin.

A viagem se complica!

Emboscada e perseguição.

Ainda em Neverwinter, Malc Thazar chega aos aposentos de Sindal após uma missão de campo, e verifica que tem um bilhete em cima da sua mesa: “Malc, bom encontro! Parti em viagem com Gundren para Phandalin para resolver negócios com urgência. Assim que retornar, prepare suas coisas e me encontre em Phandalin. Preciso de sua ajuda. Obrigado!”. Assim possível, ele partiu em viagem!
Após algumas horas de caminhada pela noite, passando por algumas armadilhas pelo caminho, os viajantes percebem que estão sendo seguidos por um humano, de estatura mediana, com vestes de coloração parecida com as de Sildar. Após algumas trocas de informação, e constatação de que elas eram verídicas, Malc se junta ao grupo de viajantes, quando então eles notam que o fim da trilha chegava a uma gruta.
Guardada por sentinelas goblins, estes foram abatidos pelos viajantes.
Já dentro da gruta, após uma noite inteira de brigas com goblins, lobos e seu líder Korg, um Hobgoblin extremamente forte, os viajantes conseguem salvar Sildar que compartilha com os viajantes que ouviu os goblins comentarem que Gundren foi levado para o castelo de Cragmaw, e que alguém chamado de Aranha negra queria o mapa que estava com ele. Disse também que não sabia a localização desse lugar, mas que Iarno Albrek, seu companheiro da Aliança dos Lordes poderia saber onde é a localização desse castelo. Iarno estava há dias em Phandalin, e eles deveriam ir direto para lá recupera-se e falar com ele. A viagem continua até Phandalin, onde a carroça com os pertences de Gundren deveria ser deixadas com Barthen, um dono de uma loja de provisões. Qual o próximo acontecimento estranho de uma viagem que era para ser simples?

Comments

Gerson_dos_Anjos

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.